sábado, 23 de julho de 2011

Retomando a estrutura narrativa - 9os. Anos


Vítima de seu maior inimigo

Sentado em seu escritório, João estudava uma das várias fichas de um paciente. Neurologista, Ph.D. em doença de Alzheimer, ele não exercia mais a profissão. A cadeira de rodas e o problema nas mãos o impossibilitavam de seguir clinicando, mas continuava ainda analisando casos que seu amigo “Chico”, também neurologista, trazia-lhe.
A ficha deste paciente em particular lhe chamava a atenção. Talvez fosse pelo nome, pois o paciente também se chamava João. Na ficha constava: “João, 77 anos, viúvo, vive com seus dois filhos – Jarbas e Francisco. Com uma frequência cada vez maior se esquece quem é, apresenta alterações de humor, depressão, comportamento agressivo caso fique longe de suas leituras. Não reconhece mais os filhos, sofre alucinações, também (...)”.
- Poxa! Exclamava João. Este indivíduo está sofrendo de Alzheimer já em estágio moderado e o mais triste de tudo é que nem deve se dar conta disso.
- Chico! Traga-me, por favor, a próxima ficha.
Cada vez que Chico ouvia João chamá-lo, pensava: “Pobre papai, dedicou sua vida toda às pesquisas para a cura da doença de Alzheimer e acabou vencido por ela. Passa os dias a ler sua própria ficha, pensando estar analisando o caso de um outro paciente”.
- Jarbas! As fichas do papai.

(Ana Maria Borges, in Coletânea de Textos  de Pré-Vestibulares - Impacto Vestibulares,2009) 

Ao término da leitura dessa narrativa, certamente você se sentiu impressionado com a habilidade da escritora, que, num espaço de 20 a 25 linhas, conseguiu inventar uma história fantástica a respeito de um tema que, à primeira vista, parece bastante árido. Além de muita criatividade e conhecimento linguístico, a autora demonstrou que conhece bem a estrutura do texto narrativo.

Atividade 

Identifique no texto as partes da estrutura narrativa  - enredo (comentar : situação inicial, conflito, clímax, desfecho ) , narrador, personagens, tempo, espaço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário