terça-feira, 20 de setembro de 2011

Revisão Discurso Direto e Discurso Indireto

Língua Portuguesa - 6º e 7º anos - 3 º Bimestre 2011

Discurso direto:

O discurso direto acontece quando o autor cita diretamente as palavras das personagens que participam da história.
Geralmente, no discurso direto, a fala das personagens vem depois de dois-pontos (:), seguida de travessão (-).

Exemplo:
E uma criança no meio da multidão gritou:
—Mamãe, Papai Noel está chorando!

Pode-se também colocar a fala das personagens entre aspas. Veja:

E uma criança no meio da multidão gritou:
“Mamãe, Papai Noel está chorando!”


No discurso direto, os dois-pontos geralmente vêm precedido de verbos de elocução, ou seja, verbos que expressam pensamentos ou fala, tais como: dizer, lamentar, segredar, propor, exclamar, desabafar, suspirar, acrescentar, responder, reclamar, gritar, concluir, perguntar, explodir, ameaçar, protestar, explicar, vociferar, atalhar, prometer...


Discurso indireto:

No discurso indireto não há diálogos. O narrador não põe as personagens falando diretamente, mas faz-se o intérprete delas e transmite, a seu modo, o que elas pensam ou dizem.
É comum, no discurso indireto, aparecerem as conjunções que ou se, verbos no tempo passado e na 3a pessoa do singular ou do plural.

Exemplo:

Uma criança, no meio da rua, gritou para a mãe, dizendo que Papai Noel estava chorando.

3 comentários:

  1. Sou aluna do 6º ano 5º serie e estou começando a revisar esta matéria e estava com duvida mas o Português&Cia me ajudou adorei o site vou gravar n meu pc

    ResponderExcluir
  2. Vlw.vou faser uma prova no dia 10/03/2014 sou do 7°ano estudo no colegio.graccho em aracaju sergipe tenh o13anos XD

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...