sábado, 18 de outubro de 2014

Resumo - Estrutura do Gênero Narrativa de Aventura

EMEF Prof. Fernando Pantaleão
Língua Portuguesa - Resumo : Estrutura do Gênero Narrativa de Aventura -  7º Ano- 4º Bimestre /2014

Narrativa de aventura

A narrativa de aventura é cheia de acontecimentos grandiosos e emocionantes que podem ser engraçados, absurdos ou perigosos.



Características estruturais:

Enredo;
Personagem;
Espaço;
Tempo;
Narrador.

O  ENREDO

Em geral, uma sequência narrativa (Adam, 1992, em Bronckart, 1997) organiza-se em cinco fases obrigatórias:

•"situação inicial", em que são apresentados os elementos de base que preparam o desenrolar da trama;
•"fase de complicação", em que é criada uma tensão devido à introdução de um elemento perturbador;
•"fase de ações", que agrupa os acontecimentos ocorridos na fase anterior;
•"fase de resolução", em que os novos acontecimentos possibilitam a resolução parcial ou total dos conflitos anteriores;
•"situação final", que introduz um novo estado de equilíbrio.


         Numa narrativa de aventura, o mais importante são as peripécias e os acontecimentos inesperados que o herói vive ao longo da história, que se passa num determinado espaço e num determinado tempo. Ou seja, o mais importante é a sequência de ações das personagens.
Geralmente existe um objetivo à ser alcançado e para atingi-lo, são enfrentadas situações perigosas  que desafiam as personagens. O momento culminante do enredo  é o clímax

 PERSONAGENS

Personagem principal: herói.
        
A presença do herói  representando as capacidades humanas  (como coragem, força de vontade, etc) que serão colocadas à prova, o que ressalta ainda mais tais valores. O protagonista geralmente é valente, audacioso
O herói enfrenta piratas, ladrões, animais, criaturas estranhas, a floresta densa e misteriosa.

Antagonistas ou vilões

Contrapõem ao herói; é possível que eles não apresentem características tão maléficas;eles apenas representam um obstáculo a ser vencido e que, uma vez transposto , permite ao protagonista, atingir o objetivo desejado.

Importante :  Não confundir herói com super-herói. O herói não tem os poderes mágicos dos super-heróis, suas características humanas permanecem, mas o desejo de aventura e de justiça são inerentes à sua personalidade. 


NARRADOR

. Narrador oculto, não se apresenta- narra em terceira pessoa fatos, sentimentos, opiniões, defeitos e qualidades das personagens.
.  Faz antecipações, ou prevê o rumo que as ações irão tomar.
. Quando o narrador é em primeira pessoa: a história em geral, é uma confissão, um diário ou autobiografia;

TEMPO

. Sequência cronológica – forma linear;
. Quando não corresponde ao tempo cronológico; seguem lembranças, emoções, sensações dos personagens;
. Flash backs – recursos para o tempo psicológico- narrativa não-linear;
Importante: o tempo é fictício, quer seja cronológico ou psicológico.

ESPAÇO

Diverso: uma viagem por terra, na floresta,, uma passeio a bordo de um balão, caça tesouro em uma ilha deserta, etc.

O espaço pode exercer uma forte influência nas personagens chegando a modificar o seu comportamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário